Agosto Lilás: em média 500 mulheres vítimas de violência buscam a DPE mensalmente

A Defensoria Pública do Maranhão, por meio do Núcleo da Mulher, atende em média por mês cerca de 500 mulheres em situação de violência doméstica, que buscam os mais variados atendimentos.

Somente no primeiro semestre de 2022, o Maranhão já registrou 3.058 mil boletins de ocorrências de casos de violência física ou psicológica. Até junho deste ano, já foram solicitadas 2.186 medidas protetivas.

Neste ano, a média mostra que já foram registrados 32 casos de feminicídio no estado.

O mês de agosto também celebra a Lei Maria da Penha, que combate e previne crimes contra a mulher.