Polícia investiga denúncias de supostos maus-tratos em creche de São Luís

A Polícia Civil abriu uma investigação para apurar denúncias de supostos maus-tratos em u7ma creche localizada no bairro Renascença, em São Luís. A denúncia foi feita por mães de alunos da instituição, que utilizaram as redes sociais para divulgar imagens de agressões, que estariam sendo cometidas por funcionários da creche.

A primeira denúncia foi feita por uma mãe identificada como Larissa, que utilizou uma rede social para mostrar imagens, e afirmou que o filho – hoje com três anos – foi vítima de maus tratos na instituição. Os registros são do ano passado, e a criança já foi retirada da creche pelos pais.

Outra mãe também denunciou a mesma instituição e fez um desabafo nas redes sociais.

A psicóloga May Guimarães explica que várias medidas precisam ser tomadas pelos pais, e o trabalho com crianças não pode ser feito por qualquer pessoa. Ela também afirma que as crianças normalmente dão sinais de que algo está errado por meio do comportamento.

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente está investigando o caso, e analisando as imagens do videomonitoramento.

Em nota, a creche alegou que, em todos estes anos de prestação de serviços, a escola nunca foi negligente ou compactuou com qualquer situação que estivesse em desacordo com o melhor interesse, segurança e bem-estar dos seus alunos e pais. Informou ainda que com relação a qualquer atitude que algum colaborador possa ter realizado sem o devido cuidado inerente à função, este será devidamente responsabilizado. A nota diz ainda que medidas já foram tomadas com relação à colaboradora causadora do episódio.