Sem contraproposta, greve no transporte público continua nesta sexta-feira

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão informou, por meio de nota divulgada no início da noite de quinta-feira (21), que não houve contraproposta da Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) e com isso a greve continua nesta sexta-feira (22).

Em nova decisão proferida nesta quinta (21), a Justiça do Trabalho decidiu que os Sindicatos dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (STTREMA) e das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET), devem garantir a prestação de serviços essenciais à população ludovicense. A decisão é do desembargador federal do Trabalho, Francisco José de Carvalho Neto.

A decisão determinou o imediato bloqueio judicial de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais – por dia ou fração de dia) por causa do descumprimento da decisão anterior e deu o prazo de até 23:59 horas desta quinta-feira, 21 de outubro, como limite máximo do ajustamento.

Para a manhã desta sexta-feira (22), está marcada uma audiência de mediação no Ministério Público do Trabalho entre Rodoviários e patrões às 10h30.

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão reforça que “permanece aberto ao diálogo, para que as reivindicações dos trabalhadores sejam atendidas, resolvendo de uma vez por todas, esse impasse e para que o transporte público, volte a operar normalmente em São Luís, evitando mais transtornos aos usuários do sistema”.