Projeto que une educação e esporte para crianças da Vila Nova será lançado nesta quarta

As crianças da comunidade Vila Nova, em São Luís, participarão do projeto Criança Feliz, que será lançado nesta quarta-feira (6), às 10h, na sede da Creche Nossa Senhora das Graças, localizada na Travessa Bela Vista, na Vila Nova. A iniciativa tem execução pela Associação Beneficente de Mães da Vila Nova e é patrocinada via Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.

O objetivo é unir a educação e o esporte, como forte motivador de inclusão social, na formação de alunos e cidadãos melhores, além de obter resultados significativos no fortalecimento da cidadania.

O Criança Feliz também é uma oportunidade no judô e no balé para 56 alunos da Creche Nossa Senhora das Graças, que trabalha com um público infantil de dois a cinco anos de idade. Vale ressaltar que, estas modalidades esportivas já são realizadas, há pelo menos cinco anos, graças ao voluntariado de professores.

O grande diferencial com o lançamento do projeto é que, graças a Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, o Criança Feliz contará com o suporte financeiro do Grupo Potiguar. A empresa já é uma parceira de longa data da creche, ao contribuir com reformas e manutenções estruturais do espaço.

A coordenadora da Creche Nossa Senhora das Graças, Arlete Pereira, que também coordena o projeto, declarou que a parceria entre Associação, Grupo Potiguar e Sedel representa ganhos inestimáveis.

“Pela primeira vez, somos contemplados com a Lei de Incentivo, e isso significa que nossos professores passarão a ser remunerados. Temos a garantia que os nossos alunos de judô e de balé receberão uniformes e refeições, além do aprendizado. Nos últimos dez anos, temos contado com a ajuda da Potiguar, com contribuições significativas para a manutenção estrutural do prédio da creche, e, desta vez, felizmente, a empresa será a mantenedora do projeto, por meio da lei”, destacou Arlete.

Cronograma de aulas

As aulas de judô ocorrem nas quartas, quintas e sextas-feiras, sempre pela manhã. Já as atividades de balé são realizadas às segundas, terças e sextas-feiras, também no turno matutino. Fazem parte do Projeto Criança Feliz, alunos e ex-alunos da Nossa Senhora das Graças. A unidade de ensino funciona com 14 colaboradores diretos, como professores, cozinheiros e coordenadoras. Os alunos são moradores da Vila Nova e de bairros adjacentes como Anjo da Guarda, Mauro Fecury 1 e 2, e Vila Ariri.

Creche Nossa Senhora das Graças

A sede da Creche Nossa Senhora das Graças foi construída em 1989. Em janeiro de 1990, houve a inauguração da unidade de ensino com 50 crianças matriculadas para estudarem nela. Um dos fundadores da Vila Nova, e idealizadores da creche, Edilson Pinto, conta um pouco dessa história. “A creche surgiu da necessidade de termos um espaço de lazer e educação para os filhos dos moradores. Começamos com apenas 50 alunos, e hoje temos 120. Como eu sou um dos fundadores do bairro, na época eu consegui o terreno para a construção do prédio”, informou Edilson.

O idealizador da Nossa Senhora das Graças destacou a importância do esporte. “O esporte é fundamental na vida de todos nós. Quando a prática esportiva é iniciada ainda na infância, melhor ainda, capaz dessas crianças se transformarem em atletas olímpicos, sendo que, de qualquer forma, tenho a convicção de que se transformarão em cidadãos disciplinados, atletas da vida”, concluiu Edilson.

Associação Beneficente

A Associação Beneficente de Mães da Vila Nova é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que direciona suas atividades em prol de pessoas carentes, que vivem em situação de exclusão social. A entidade foi fundada no dia 10 de fevereiro de 1985, por mulheres sensíveis à comunidade do bairro que, naquela época, era constituída, em sua maioria, por ex-portadores de hanseníase, quase sempre vítimas de preconceitos. 

No início, a Associação organizava campanhas de arrecadação de alimentos, roupas, fraldas e alimentos para a preparação de sopas, para ajudar os ex-portadores de hanseníase e suas famílias. A entidade cresceu, se fortaleceu e realizou metas maiores, como a instalação de uma escola de reforço que, atualmente, está credenciada para ministrar aulas no ensino infantil e fundamental.