Patrulha Maria da Penha registra 500 denúncias de assédio em um mês

De acordo com dados divulgados pela Polícia Militar do Maranhão (PMMA), a Patrulha Maria da Penha registrou mais 500 denúncias de assédio contra mulheres em um mês no estado. Além disso, foram realizadas mais de 2 mil denúncias relacionadas a violência doméstica.

A ação faz parte da Operação Integrada Maria da Penha, que aconteceu no período de 20 de agosto a 20 de setembro e tinha por finalidade o aprimoramento do atendimento às mulheres em situação de violência doméstica e familiar.

No último dia 26 de agosto, a jovem Fernanda Mota foi vítima de assédio sexual dentro de um coletivo na capital. A Lei Maria da Penha foi promulgada no dia 7 de agosto de 2006 e é o principal instrumento jurídico de maior efetividade no combate à violência doméstica e de gênero contra as mulheres.