Homem é preso após utilizar a própria mãe para receber benefício do INSS

Um homem de 62 anos de idade foi preso em flagrante pela Polícia Civil do Maranhão nesta sexta-feira (21), pelo crime de estelionato no município de Pinheiro, região da baixada Maranhense. A prisão foi coordenada por policiais civis da 5ª Delegacia Regional.

De acordo com o delegado regional de Pinheiro, Wolney Cesar Rubin, a polícia recebeu denúncias delatando que dois idosos estavam em uma instituição financeira da cidade na tentativa de realizar um levantamento de benefício previdenciário se utilizando de documentos com procedência duvidosa.  Os policiais civis compareceram na agência bancária e conduziram os idosos até a sede da delegacia de polícia.

Após uma cuidadosa averiguação, a polícia descobriu que os documentos apresentados pela dupla eram falsos. O homem negou participação no cometimento crime, informando inclusive que não conhecia a idosa de mais de 90 anos.

Dando continuidade em buscar mais informações sobre os dois detidos, a Polícia Civil descobriu que a idosa que possui dificuldades de locomoção, audição, visão e fala, é ,  na verdade, a mãe do suspeito, e que inclusive a mesma não tinha nenhum conhecimento acerca do crime.

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão ao homem pelo fato dele ser o autor mediato do crime de estelionato, utilizando-se de sua mãe, que não possuía condições de discernir sobre a conduta criminosa ou se portar de outra forma.