Professor que estava desaparecido é encontrado morto na capital

Foi encontrado na tarde desta terça-feira (21), o corpo do professor Claúdio Campelo Cunha conhecido “Carlão”, de 64 anos. O professor estava desaparecido desde a última quinta-feira (16).

“Carlão” era artesão e desapareceu, após sair de casa nas proximidades da Avenida dos Africanos. O corpo foi encontrado próximo à casa dele, em uma área de manguezal no rio das bicas.

De acordo com a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), o corpo foi reconhecido pela família e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para a realização de exames e identificação das causas da morte.