Homem condenado a 21 anos de prisão por matar a ex-companheira é preso na capital

A Polícia Civil prendeu na manhã desta segunda-feira (20), um homem acusado de matar a ex-companheira na frente dos filhos. Segundo a polícia, o homem teria espancado a vítima até a morte. O réu foi condenado a 21 anos de prisão em regime fechado.

Uma das crianças que presenciaram toda a ação relataram que o acusado teria espancado a vítima e o arrastado pela casa até o banheiro, onde lhe deu um banho e depois o jogou no sofá. Nos autos constam que a mulher foi morta com golpes no abdômen. O crime aconteceu em abril de 2011.

O réu foi condenado a 21 anos de prisão em regime fechado. Após os procedimentos legais o homem foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas.