Três pessoas são presas suspeitas de abusarem sexualmente de menores na capital

Uma operação da Polícia Civil do Maranhão foi realizada na manhã desta sexta-feira (17), no intuito de executar mandados de prisão preventiva contra alvos investigados de cometerem crimes de abusos de sexuais contra crianças e adolescestes em São Luís. A operação que foi coordenada pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) com apoio da Seccional Oeste, prendeu três homens em bairros da capital.

No bairro do Sacavém, os policiais prenderam um homem suspeito por estupro de vulnerável contra a sua própria filha, de apenas dez anos. Já na Cohab Anil I, a polícia prendeu outro homem suspeito de cometer atos de abusos sexuais contra sua enteada nos últimos dois anos.

A terceira prisão foi realizada no bairro Alonso Costa, onde um homem foi preso por suspeita de estuprar a própria filha de 13 anos.

Todas as investigações tiveram início no mês de setembro após as vítimas relatarem os casos à polícia. Diante dos fatos, a delegada Bianca Almada Lima representou pelas prisões preventivas dos conduzidos. Todos os pedidos foram acolhidos judicialmente. Após serem atendidas as formalidades legais na sede da DPCA, os presos foram levados ao Centro de Triagem de Pedrinhas onde permanecem à disposição da Justiça.