Polícia Federal deflagra operação em terras indígenas no município de Arame

Nos dias 26 a 30 de agosto, a Polícia Federal deflagrou uma operação na terra indígena de Araribóia, localizada nas proximidades de Arame. Na operação denominada de Hefesto, cerca de quatro toneladas de substâncias entorpecentes foram incineradas, além de mais de 12 mil pés de maconha e 5.500 mudas de maconha.

A operação também tem como intuito firmar a presença do Estado na região, diminuindo os índices de violência e aumentando a sensação de segurança da população indígena.

A ação tem base na expulsão de invasores das terras indígenas, os quais praticam desmatamento, extração de madeira, garimpo ilegal e o plantio ilegal de maconha.

Para deflagração da Hefesto, a Policia Federal empregou cerca de quarenta policiais, além de servidores da FUNAI e da Força Nacional. A ação contou ainda com apoio logístico do Exército Brasileiro, por intermédio do 50 BIS (Batalhão de Infantaria de Selva) de Imperatriz, bem como do apoio aéreo de dois helicópteros.