Com pés no chão, Guilherme Arana exalta chance pela Seleção Brasileira: ‘Quero meu espaço’

Desde que retornou ao Brasil, Guilherme Arana se consolidou como um dos principais expoentes em sua posição no país. A titularidade na campanha de ouro da Seleção Olímpica em Tóquio 2020 e o lugar de destaque no Atlético-MG, atual líder do Brasileirão Assaí 2021, comprovam a boa fase. Em momento favorável da carreira, o lateral quer buscar seu espaço, agora, na Seleção Brasileira, sob os olhares do técnico Tite.

Durante atendimento à imprensa nesta segunda-feira (30), Arana exaltou o alto nível de concorrência presente na Canarinho na disputa por vagas. Com os pés no chão, o lateral do Galo evitou projetar uma vaga na Copa do Mundo do Catar e destacou que seu foco está em aproveitar a oportunidade nesta janela de Data FIFA em setembro.

“Com certeza (sonho com a Copa). Renan Lodi é um excelente jogador, mas todo mundo quer seu espaço. É uma disputa sadia, eu quero meu espaço e ele também quer o dele. Torço para que possamos fazer grandes jogos, aí fica a critério do professor Tite”, afirmou Arana, antes de falar sobre sua projeção de crescente junto à Seleção Brasileira.

“O primeiro objetivo era ser convocado para a Seleção Olímpica. Graças a Deus, deu tudo certo e conseguimos a medalha de ouro. Para falar de Copa do Mundo está um muito cedo. Quero aproveitar minha oportunidade, que estou tendo agora e continuar fazendo um grande trabalho no meu clube e lá na frente a gente pensa nisso (Copa do Mundo)”, completou.

Com a convocação, Guilherme Arana voltará a trabalhar com Tite. Foi com o técnico que o lateral deu seus primeiros passos no futebol profissional, quando atuava pelo Corinthians. Agora, na Seleção, o jogador aposta na relação com o comandante para se adaptar rapidamente ao novo ambiente.

“Uma das minhas características é a parte ofensiva, mas minha função também é de defender, manter a sustentação na zaga, como o professor Tite gosta bastante. Estou aqui para me adaptar ao estilo de jogo dele. Já tive oportunidade de trabalhar com ele quando comecei no profissional, então a adaptação vai ser rápida e espero aproveitar essa oportunidade. O mais rápido possível que eu me adaptar, vou desempenhar o futebol que tenho feito no meu clube e representar aqui na seleção também”, projetou.

Em São Paulo, a Seleção Brasileira segue sua preparação para as próximas três rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022. Nesta quinta-feira (2), o Brasil enfrenta o Chile, no Estádio Nacional de Santiago. Depois, no domingo (5), o Brasil recebe a Argentina na Neo Química Arena, em São Paulo. A Seleção Brasileira fecha a Data FIFA contra o Peru, na quinta-feira (9), na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).