Por nota, Itamaraty condena atentados no Afeganistão

O Ministério das Relações Exteriores publicou, nesta quinta-feira (26), uma nota condenando os atentados realizados no Aeroporto Internacional Hamid Karzai, em Cabul. As explosões deixaram 12 soldados norte-americanos mortos e mais 15 feridos. Segundo a Casa Branca, essa foi a maior baixa de forças norte-americanas em uma década.

As explosões aconteceram em meio a retirada de pessoas do Afeganistão, após a tomada do país pelo Talibã, e foram realizadas por ataques suicidas, conhecidos como “homem-bomba”. Os ataques foram reivindicados pelo Estado Islâmico.

A nota do Itamaraty afirma que “Ao transmitir condolências às famílias atingidas e ao povo afegão, o governo brasileiro exorta todos os atores envolvidos a garantir a proteção dos civis, o respeito ao Direito Internacional Humanitário, inclusive o acesso desimpedido da ajuda humanitária, e o respeito aos direitos humanos, em especial de mulheres e meninas”.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, prometeu que o país vai caçar os responsáveis pelas duas explosões ocorridas nesta quinta-feira (26) no aeroporto da capital afegã. Em pronunciamento, Biden falou que fez um pedido ao Pentágono para que desenvolvam planos de ataque aos militantes islâmicos responsáveis pela ação.

*Com informações da Agência Brasil.