Instalações são realizadas para coleta e tratamento de esgoto na Litorânea

Na última quarta-feira (25) foram realizadas instalações de duas bombas submersíveis na Estação Elevatória de Esgoto da Litorânea. Essa ação foi promovida pelo Governo do Estado, e a obra foi realizada pela Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema). A instalação visa garantir melhorias na coleta e tratamento de esgoto sanitário dessa região. 

Segundo o coordenador de Manutenção Industrial da Estação de Água e Esgoto da Caema, Matias Neto, esses novos equipamentos vão facilitar os serviços de coleta e tratamento de esgoto, além de melhorar a qualidade de vida da população de São Luís.

No início da semana, o Estado do Maranhão foi condenado pelo juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, Douglas de Melo Martins, a adotar medidas de fiscalização para controlar as ações que causem riscos e danos ao meio ambiente, com multa de R$ 100 mil reais caso não cumprisse a determinação.

De acordo com o juiz responsável pela sentença, o descarte sem controle e inadequado afeta de forma desfavorável o meio ambiente, especialmente por conter esgoto (dejetos humanos e industriais) e, eventualmente, materiais tóxicos.

A decisão foi resultado de uma ação proposta pelo Ministério Público Estadual, para evitar a destinação ilegal de água de lastro, que é proveniente das embarcações atracadas nos portos e baías de São Luís.