Polícia Civil realiza operação e cumpre 30 mandados de prisão em Timon e Teresina

A Polícia Civil do Maranhão deflagrou na manhã desta quarta-feira (25) uma operação batizada de “mabul”, que cumpriu 30 mandados de prisão, sendo 15 em Timon e 15 em Teresina. A operação buscava neutralizar uma organização criminosa que atuava principalmente no tráfico de drogas e de armas na região, além de cometer assaltos e homicídios entre as duas cidades .

De acordo com o delegado Leonardo de Carvalho, coordenador do Departamento de Investigações sobre Narcóticos de Timon (Denarc), dos 30 mandados de prisão, 22 foram cumpridos contra alvos que já se encontravam no sistema prisional. Apenas oito mandados foram cumpridos contra pessoas que estavam em liberdade.

O objetivo da ação é desarticular o grupo que atua na prática de crimes como tráfico, homicídios e outras práticas violentas. 

“Essa é uma organização criminosa nascida no estado do Maranhão e que está arremessando os tentáculos para o estado do Piauí e outros estados. Diante da guerra de facções aqui em Timon, achamos por bem desencadear essa operação nessa data para dar efetivo cumprimento a essa quantidade de mandados. Até o momento, foram cumpridos 15 mandados em Timon e 15 em Teresina”, destacou o delegado Leonardo Carvalho. 

O delegado ainda destaca que a operação também busca combater os efeitos da atuação das facções nas cidades de Teresina e Timon. “A nossa atuação aqui tem sido ferrenha no intuito de identificar esses indivíduos que praticam crimes de tráfico, que é a nossa atribuição, e outros crimes que atingem a sociedade”, explicou. 

No Piauí, a operação conta com apoio de policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco). As equipes ainda estão nas ruas para cumprir o restante dos mandados expedidos para a operação.