Adolescente é apreendido suspeito de matar acidentalmente comparsa com quem praticava assaltos

A Policia Civil do Maranhão conseguiu elucidar um caso de homicídio que ocorreu no último domingo (15), no bairro Fazendinha em Caxias, onde um adolescente foi morto com um disparo de arma de fogo na região do peito. Segundo a polícia, o jovem foi morto acidentalmente pelo seu comparsa durante o manuseio arma, quando se preparavam para praticar assaltos na cidade.

Segundo o Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) de Caxias, a primeira versão apresentada foi de suicídio. Porém durante as investigações iniciais, ficou constatado que as características da ferida no adolescente apontava para disparo a certa distância, incompatível com tiro encostado, comum em suicídio.

De acordo com o delegado Jair Paiva, ficou concluído que o adolescente vítima se preparava para praticar assaltos com outro adolescente quando estava manuseando a arma e efetuou o disparo acidental.

Na residência onde ocorreu o crime, os agentes apreenderam uma motocicleta Honda Pop, cor preta, tomada de assalto semana passada. Além disso, mais três celulares foram localizados, sendo um com registro de roubo e dois sem origem desconhecida e um revólver calibre 38 especial utilizado no crime.

A Polícia Civil conseguiu captar imagens do roubo da motocicleta onde aparece nitidamente o adolescente morto e um segundo parceiro, também adolescente. Suspeita-se que a dupla vinha praticando assaltos há vários meses. O adolescente foi inquirido na presença dos responsáveis na delegacia de polícia, onde confessou os crime.

Em 17 dias a equipe integrada da DENARC/DHPP Caxias já apreendeu três revólveres calibre 38, além de drogas, dinheiro, balanças de precisão, munições, veículos, motocicletas e celulares roubados.