Somente 13 escolas da rede municipal retomaram as atividades nesta segunda-feira

Das 261 Unidades de Ensino em São Luís que estavam previstas para retornarem as atividades escolares nesta segunda-feira (16), somente 13 escolas municipais reiniciaram as aulas. Segundo o Sindicato dos Profissionais do Magistério da Rede Municipal de São Luís, diversas escolas estão impróprias para o retorno devido a, por exemplo, falhas de infraestrutura.

O Ministério Publico do Maranhão pediu a interdição da UEB Carlos Macieira no Bairro de Fátima. O documento de interdição orienta que a Secretária Municipal de Educação (SEMED) transfira a escola para outro imóvel mais adequado, ventilado e com mais espaço para os alunos, onde seja possível a implementação dos protocolos sanitários de prevenção contra a Covid-19.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) informou que o retorno seguro das aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino de São Luís teve início nesta segunda-feira de forma gradual por grupos. Nesta etapa, mais de 3.500 alunos estão retomando o ensino presencial e híbrido em um grupo de 13 escolas.

Segundo nota oficial, na entrada das escolas foram instaladas pias para a lavagem regular das mãos. Além disso, é obrigatório regular o uso de máscara, do álcool em gel e o distanciamento social. “A Semed tem trabalhado para que as unidades de ensino voltem a funcionar totalmente requalificadas e adaptadas com o protocolo sanitário, garantindo segurança aos alunos, trabalhadores da educação e famílias”.

Ainda segundo a Prefeitura de São Luís, além da vacinação antecipada dos profissionais da educação, foi realizado a testagem gratuita da comunidade escolar, o acolhimento emocional e o abastecimento das escolas com itens de higiene e prevenção a Covid-19.