Morre aos 77 anos o publicitário Duda Mendonça

Considerado um dos maiores publicitários do país, Duda Mendonça morreu na manhã desta segunda-feira (16), aos 77 anos. Ele estava internado em São Paulo, no Hospital Sírio Libanês, para tratar um câncer no cérebro e fazer quimioterapia. Em junho, ele foi diagnosticado com a covid-19, e teve o seu quadro de saúde agravado e precisou ser intubado.

Conhecido por comandar campanhas políticas vitoriosas, o publicitário baiano Duda Mendonça ganhou fama em 1992, quando repaginou a imagem do político Paulo Maluf (PP) e o auxiliou a ter a vitória para a Prefeitura de São Paulo, porém se tornou mais conhecido ao ter comandado a primeira campanha eleitoral para Presidência da República em que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceu, em 2002, com o slogan “Lulinha, Paz e Amor”.

Ele também realizou campanhas no Ceará com Ciro Gomes (PDT), em São Paulo com Paulo Skaf (MDB), em Pernambuco com Miguel Arraes, e até com o ex-primeiro-ministro de Portugal, Pedro Santana Lopes. No Maranhão, Duda Mendonça realizou as campanhas de João Castelo, em 2008, e Roseana Sarney.

O corpo de Duda Mendonça será cremado, mas os detalhes sobre o local ainda estão sendo definidos pelos familiares.