Corinthians vence o Ceará em Itaquera com golaço de Renato Augusto em sua volta

O Corinthians fez aquilo que deveria ser obrigação de qualquer time quando joga em casa. Pressionou o adversário, não deu espaço e garantiu a vitória. O Ceará, que estava há 11 jogos invicto, foi dominado e perdeu por 3 a 1 neste domingo, na Neo Química Arena, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O garoto Adson foi o nome do primeiro tempo ao marcar por duas vezes.

Na etapa final, destaque para a reestreia de Renato Augusto. Ele entrou aos 20 minutos, com a vitória encaminhada. Era um momento do jogo em o que o adversário estava melhor. O camisa 8 deu ao Corinthians mais posse de bola e ainda marcou um golaço ao acertar chute de fora da área no ângulo.

O técnico corintiano repetiu os titulares do empate com o Santos na última semana. Giuliano foi mais uma vez titular e completaram o setor ofensivo Adson, Roni, Mosquito e Jô. O entrosamento já foi bem melhor. O time atacava pelos dois lados e não permitia que o Ceará passasse do meio-campo.

O primeiro gol saiu logo aos 16 minutos. Jô saiu da área para buscar jogo e deu para Roni na ponta esquerda. Ele rolou para o meio da área e Adson apareceu livre para marcar. A pressão continuou e um pouco depois Fábio Santos cruzou na medida e Adson apareceu no meio da área para fazer de cabeça.

O jovem de 20 anos estava inspirado. Com liberdade no ataque, ele teve ótima oportunidade para fazer o terceiro. Recebeu passe de Fagner da direita, tirou do goleiro, mas faltou perna para mandar para as redes e a bola saiu pela linha de fundo. O Ceará praticamente assistiu ao Corinthians jogar. Cássio só teve o gol ameaçado uma vez. Mendonza tocou para Lima na área, que chutou para fora.

“Estou muito feliz, né? É a oportunidade que estou tendo de representar esse clube. Fizemos o que o Sylvinho nos pediu nos treinamentos. Os gols eu dedico para para a minha família e meus amigos”.

No segundo tempo, o Corinthians tirou o pé e o Ceará passou a pressionar. Cássio fez duas boas defesas em seguida após cabeceio de Luiz Otavio, que ele espalmou, e no rebote de Cléber Sylvinho percebeu que era o momento de retomar o domínio do meio-campo e colocou em campo Renato Augusto.

Nos primeiros minutos, ele já se tornou o principal jogador da equipe. Toda bola passava por ele. E na primeira chegada ao ataque, dominou de fora da área e mandou a bola no ângulo do goleiro Richard.

O Ceará não desistiu da partida. Como resposta, Rick avançou e mandou uma bomba sem chances para Cássio: 3 a 1. Sylvinho notou que com a entrada de Renato Augusto o time ficou mais fraco na marcação e colocou Xavier na vaga de Giuliano. A marcação melhorou, o adversário não conseguiu mais reagir e o time melhorou um pouco seu retrospecto em casa na atual temporada. Agora são duas vitórias, três empates e cinco derrotas em casa sob o comando de Sylvinho.

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS 3 X 1 CEARÁ

Corinthians: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Gabriel, Roni (Renato Augusto), Giuliano (Xavier), Adson (Mateus Vital) e Gustavo Mosquito (Marquinhos); Jô. Técnico: Sylvinho.

Ceará: Richard; Buiú, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fernando Sobral, Marlon (Pedro Naressi), Jorginho (Rick), Lima (Erick) e Mendoza (Airton); Cléber (Jael). Técnico: Guto Ferreira.

Gols: Adson, aos 18 e aos 29 do 1º tempo; Renato Augusto, aos 22, e Rick, aos 24 do 2º tempo.

Juiz: Rodolpho Toski Marques (PR).

Cartões amarelos: Fábio Santos e Jael.

Local: Neo Química Arena.