Polícia fecha deposito clandestino de gás de cozinha na Raposa

Um deposito clandestino de gás de cozinha foi fechado na manhã desta quinta-feira (29), no centro da cidade de Raposa, durante uma ação da Polícia Civil do Maranhão que resultou na apreensão de 62 botijões que estavam armazenados de maneira inadequada e sem autorização das entidades competentes.

A Delegacia Especial da Raposa recebeu denúncias anônimas que relatavam a venda ilegal de gás de cozinha em um estabelecimento comercial na cidade. Durante a visita da Polícia Civil ao local, ficou constatado que o ponto funcionava sem autorização da Agência Nacional do Petróleo(ANP) e sem alvará do Corpo de Bombeiros funcionava, o que é exigido por lei.

O proprietário do estabelecimento não foi encontrado, porém segundo a polícia, o responsável deve responder pelo crime de armazenamento ilegal de gás de cozinha previsto no artigo 56 da lei de crimes ambientais. O material apreendido será encaminhado para um local adequado para armazenamento.

No último dia 21 de julho, em outra ação policial similar, a Policia Civil conseguiu prender em flagrante dois comerciantes que estavam comercializando gás de cozinha de maneira irregular. Na ocasião 12 botijões foram apreendidos.