Copa América: após folga, seleção treina para enfrentar Colômbia

A seleção brasileira voltou a treinar, nesta segunda-feira (21) na Granja Comary, em Teresópolis (Rio de Janeiro), após o técnico Tite conceder folga no último domingo. O objetivo é preparar a equipe para o jogo da próxima quarta-feira (23), contra a Colômbia e válido pela 4ª rodada da fase de grupos da Copa América.

O Brasil chega à partida em uma situação muito confortável, liderando o Grupo B com duas vitórias em duas partidas. Na atividade desta segunda, o comandante da seleção aproveitou para esboçar algumas possíveis formações. Além disso, realizou um trabalho de movimentação defensiva com ênfase nas jogadas de bolas paradas. O treino acabou com um complemento técnico de finalização.

Também nesta segunda, o lateral Alex Sandro, da Juventus (Itália), concedeu uma entrevista coletiva na qual valorizou o tempo maior que a seleção teve para trabalhar desde a última partida da competição (vitória de 4 a 0 sobre o Peru na última quinta). Como folgou na terceira rodada, o Brasil teve uma folga maior que a habitual: “Durante o calendário anual, é muito difícil ter todo esse tempo e esse espaço para treinar, como estamos tendo. É muito importante ter esses dias, esse período mais longo, porque prepara melhor a equipe e nos entrosa também”.

Além disso, o jogador da Juventus falou sobre a disputa com Renan Lodi, do Atlético de Madri (Espanha), por espaço na lateral-esquerda: “Está sendo o nosso diferencial a preparação de todos os jogadores. É muito difícil em algumas posições dizer quem é o titular absoluto. Todos nós nos sentimos titulares. O Tite passa para nós que todos somos importantes, que todos têm que estar preparados. Em vários jogos, aqueles que estão entrando estão decidindo as partidas”.

Na próxima terça-feira (22), o Brasil realiza o último trabalho antes de seguir para o Rio de Janeiro (RJ), onde mede forças com a Colômbia, na quarta no estádio Nilton Santos a partir das 21h (horário de Brasília).