Paraguai assume a liderança de um grupo com Argentina e Chile empatados

O começo do Grupo A da CONMEBOL Copa América 2021 teve um grande vencedor: o Paraguai derrotou a Bolivia e saiu como o líder isolado, depois do empate entre Argentina e Chile.

No início da rodada, Argentina e Chile terminaram no 1 a 1. Lionel Messi, com uma cobrança de falta perfeita, abriu o marcador para a ‘Albiceleste’, mas o artilheiro Eduardo Vargas decretou a igualdade no segundo tempo.

Apesar de ter criado as melhores chances para ficar à frente do marcador, a equipe argentina pagou caro por sua falta de efetividade, sobretudo no primeiro tempo, e teve que se conformar com o empate.

OS NÚMEROS DA PARTIDA

• A Argentina soma onze jogos sem derrotas contra o Chile em todos os campeonatos (6V 5E). A equipe ‘Albiceleste’ nunca perdeu para ‘La Roja’ na história da CONMEBOL Copa América (21V 8E).
• A Argentina não perde há oito partidas entre CONMEBOL Copa América e Eliminatórias Sul-americanas (4V 4E), ainda que acumule três empates consecutivos. Sua última derrota foi para o Brasil, na CONMEBOL Copa América 2019 por 2-0.
• Pela terceira vez consecutiva em torneios CONMEBOL, o Chile empatou por 1-1: o fez contra Bolívia e Argentina nas Eliminatórias, e esta noite repetiu o resultado ante a ‘Albiceleste’. Ao mesmo tempo, acabou com uma sequência de duas derrotas consecutivas na CONMEBOL Copa América: caiu contra o Peru e com a Argentina na edição 2019.
• Lionel Messi marcou seu terceiro gol de falta na CONMEBOL Copa América: os dois anteriores haviam sido contra Panamá e Estados Unidos, ambos na edição 2016. O capitão argentino somava 1672 dias sem marcar de falta pela seleção.
• Eduardo Vargas, de Chile, alcançou seu 13º gol em CONMEBOL Copa América em 19 partidas, e está a quatro tentos dos maiores goleadores da competição: Zizinho, do Brasil, e Norberto Méndez, da Argentina, ambos com 17. Além disso, é o artilheiro líder de ‘La Roja’ no torneio.

Dados OPTA

– Paraguai, o grande vencedor da rodada –

Depois de um começo incerto, onde saiu atrás do marcador e foi para o intervalo em desvantagem, a ‘Albirroja’ conseguiu dar a volta por cima e terminou vencendo a Bolívia por 3 a 1, para começar com o pé direito  a caminhada na CONMEBOL Copa América 2021.

Erwin Saavedra, de pênalti, abriu a conta para a ‘Verde’, mas Alejandro Romero Gamarra e Ángel Romero, duas vezes, sentenciaram o 3 a 1 final em Goiânia. 

Três pontos vitais para os comandados de Eduardo Berizzo, que na próxima rodada vão descansar. A Bolívia, por sua parte, tentará corrigir o rumo na próxima sexta-feira, contra o Chile.

NÚMEROS DO JOGO

  • O Paraguai só perdeu 1 das 11 partidas que disputou contra a Bolívia pela CONMEBOL Copa América (8V 2E): foi na edição 1963, disputada na Bolívia. Agora são quatro jogos consecutivos sem derrota contra os bolivianos (2V 2E).
  • A Bolívia abriu o marcador de pênalti no jogo de hoje rompendo uma sequência de três jogos seguidos sem conseguir marcar contra o Paraguai na CONMEBOL Copa América. O último gol contra os paraguaios no torneio havia sido feito em março de 1963.
  • Ángel Romero é o primeiro paraguaio a anotar dois gols na CONMEBOL Copa América desde Salvador Cabañas (2) e Roque Santa Cruz (3), na edição 2007, em um 5-0 contra a Colômbia.
  • Alejandro Romero Gamarra criou 10 chances de gol para o Paraguai. Nenhum jogador criou tantas ocasiões (passes antes de uma finalização) em uma partida da CONMEBOL Copa América desde 2007.
  • A seleção do Paraguai chutou 34 vezes no total contra a Bolívia. O recorde de uma equipe em um encontro da CONMEBOL Copa América desde 2007. Desde então, nenhuma equipe havia superado a marca de 30 chutes em um jogo da competição.