Saúde confirma suspensão de envio de vacinas da Janssen

O Ministério da Saúde confirmou a suspensão de entrega de 3 milhões de doses de vacinas da Janssen contra o novo coronavírus, prevista para acontecer nesta terça-feira, 15. A Pasta afirma que aguarda agora a confirmação de uma nova data de recebimento por parte do laboratório, mas que a expectativa é de que as doses cheguem “ainda esta semana ao País em três remessas “

No sábado, 12, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante coletiva de imprensa, tinha anunciado que a Pasta tinha conseguido antecipar as doses da vacina contra covid-19 fabricada pela farmacêutica Johnson & Johnson. No entanto, nesta segunda-feira, o Ministério informou que a entrega “não se dará nesta terça-feira”, como previsto.

Em resposta ao Broadcast Político, a farmacêutica não explicou o motivo do atraso, mas afirmou que segue dialogando com as autoridades brasileiras “com o objetivo de disponibilizar a vacina no país o quanto antes”. “A companhia está comprometida em oferecer acesso global igualitário à sua vacina contra a covid-19 em um modelo sem fins lucrativos para uso emergencial durante a pandemia. Como parte deste compromisso, reconhece a importância de assegurar que as pessoas no Brasil tenham acesso ágil à sua vacina”,afirmou, por nota.