Reajuste salarial é garantido aos Agentes de Limpeza após acordo com empresa

Na última sexta-feira (11), o Sindicato de Asseio e Conservação de São Luís e a empresa Slea, chegaram a um consenso e desta forma, conseguiram fechar o Acordo Coletivo de Trabalho e garantiu o reajuste salarial aos agentes de limpeza da capital. Em nota, o Sindicato de Asseio e Conservação enviou uma nota para esclarecer como foi realizado todo o trâmite para garantir o reajuste.

Confira a nota

Em 2021, as negociações se estenderam por mais tempo, devido as dificuldades impostas pela pandemia. Os empresários se mostravam irredutíveis em querer conceder qualquer reajuste, alegando não terem condições. Em contrapartida, o Sindicato de Asseio e Conservação, manteve o posicionamento de defender os interesses dos mais de 1.200 Agentes de Limpeza que atuam em São Luís.

Com base no Acordo Coletivo de Trabalho, que terá vigência entre 1º de março de 2021 e 1º de março de 2022, a categoria será beneficiada da seguinte forma: Quem exerce a função de coletor, terá reajuste de 5%, fixando o salário em R$ 1.124,24; no caso dos ajudantes, o reajuste será de 6,3%, elevando o salário para R$ 1.115,00 e as demais funções, o reajuste concedido será de 3,92%. O ticket alimentação também sofrerá reajuste de 4,34%, passando a valer R$ 626,00. O mesmo valor será atribuído a cesta natalina.

O Sindicato de Asseio e Conversação também garantiu a manutenção de todos os outros benefícios já adquiridos, como o plano de saúde e odontológico. Outro ponto que precisa ser destacado, é que como o Acordo Coletivo de Trabalho só foi fechado três meses depois da data-base, que é março, a categoria terá direito ao retroativo, referente ao período entre março e junho.

“Foi uma luta difícil, mas enfim, conseguimos dar uma resposta positiva para a nossa categoria. Os empresários não mostravam nenhuma disposição em negociar. Alegavam que por conta da pandemia, não seria possível reajustar os salários dos trabalhadores. Nos mantivemos firmes e caso não fossemos atendidos, sem dúvida, iriamos deflagrar a greve, mas felizmente, não foi preciso chegar a esse ponto. Nós, Agentes de Limpeza, merecemos respeito e acima de tudo, ter a garantia de nossos direitos. O trabalho não pode parar. Continuaremos em busca de melhorias e mais conquistas, para toda a nossa categoria”, destaca Honésio Máximo, Presidente do Sindicato de Asseio e Conservação de São Luís.

Ascom Sind. Asseio e Conservação – SL