Polícia Civil cumpre mandado de prisão de dois homens e um investigador

A Polícia Civil do Maranhão, através do Grupo de Pronto Emprego-GPE da 18ª Delegacia Regional de Polícia Civil, 1°DP e SENARC, prendeu nesta quarta-feira dois homens ao mandado de prisão preventiva expedido pelo Tribunal de Justiça do Maranhão. A dupla é suspeita de invadir a casa de um comerciante, em parceria com um investigador da Polícia Civil, no ano passado. Na ocasião, todos se passaram por policiais civis de São Luís em serviço e simularam o cumprimento de um mandado de busca e apreensão.

De acordo com a Polícia Civil, eles exigiram que o proprietário do local abrisse um cofre e entregasse a quantia de sete mil reais, telefones celulares e ameaçando o mesmo para que ele lhes entregassem a quantia de cinquenta mil reais.

A vítima foi levada pelo trio sob coação e ameaça a um sítio e estabelecimento comercial, sendo depois liberada para que o dinheiro exigido fosse conseguido. O policial civil se encontra afastado de suas funções, atualmente. As prisões ocorreram no bairro Cidade Nova II e Parque Piauí, em Timon. Os dois presos foram encaminhados à UPR local onde ficarão à disposição do Judiciário.