Prefeitura inicia terceira etapa da campanha de vacinação contra Influenza

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) inicia, nesta quarta-feira (9), conforme calendário estipulado pelo Ministério da Saúde (MS), a terceira etapa da campanha de vacinação contra a Influenza/H1N1, com inclusão de novos públicos prioritários.

Esta fase prosseguirá até o dia 9 de julho e, para a vacinação na capital, a gestão do prefeito Eduardo Braide disponibiliza 63 locais de vacinação, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, entre unidades de saúde e escolas. Aos sábados, estarão disponíveis das 7h ao meio-dia nas 16 unidades de saúde do programa Saúde na Hora. Neste sábado (12), será realizado o Dia D de vacinação contra a gripe. 

Deverão ser cobertos, nesta fase, os integrantes das forças armadas, de segurança e salvamento, além das pessoas com comorbidades, com condições clínicas especiais ou com deficiência permanente, além de caminhoneiros. Também estão contemplados, nesta fase, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, funcionários do sistema de privação e liberdade, a população privada de liberdade e adolescentes em medidas socioeducativas. 

A inclusão de novos grupos na campanha deve ampliar a cobertura. “É importante que as pessoas enquadradas nestes perfis listadas na terceira etapa procurem os postos e se vacinem. É fundamental ainda que as pessoas dos perfis já chamados pelo Município procurem os locais para a imunização. A Prefeitura mobilizou as equipes em toda a rede de saúde das unidades básicas por determinação do prefeito para que a população de São Luís possa ser imunizada contra a gripe influenza”, disse o secretário de Saúde de São Luís, Joel Nunes. 

Segundo a última atualização da Semus, foram vacinadas desde o começo da campanha, no dia 12 de abril deste ano, mais de 110.500 pessoas contra a Influenza. Além de crianças entre seis meses e menores de seis anos, foram vacinadas nas etapas anteriores as gestantes e as puérperas após 45 dias de parto e outras pessoas, como os trabalhadores da saúde (ativos e de instituições hospitalares), idosos com 60 anos ou mais e professores de escolas públicas e privadas. Estes públicos que perderam os prazos anteriores de chamamento da campanha poderão ser vacinados nesta etapa. 

Nesta terceira fase da campanha contra a influenza, a orientação acerca da vacina Covid-19 segue a mesma, ou seja, com base em preconização do Ministério da Saúde (MS). Neste caso, não se recomenda a aplicação das duas doses (influenza e Covid-19) de forma simultânea. 

A orientação, neste momento, é priorizar a imunização contra a Covid-19. As pessoas que fazem parte do grupo prioritário para a vacinação contra Influenza e que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19 devem priorizar a dose contra o coronavírus e agendar a vacina contra a Influenza com um intervalo mínimo de 14 dias entre elas.               

A lista de locais de vacinação está disponível nas redes sociais da Semus e no site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br).