Flávio Dino anuncia vacinação de pessoas em situação de rua

Durante coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (14), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PcdoB), anunciou a vacinação contra a covid-19 para pessoas em situação de rua, trabalhadores de transporte rodoviário, ferroviário, aéreo, aquaviário, portuário e caminhoneiros. Esses grupos fazem parte do Plano Nacional de Imunização.

De acordo com o governador, a partir da próxima segunda (19), os novos grupos poderão se vacinar contra a covid-19. A Secretaria de Estado da Saúde divulgará o cronograma por faixa etária e local de vacinação.

Além disso, Dino confirmou que o São João no Maranhão está cancelado. Contudo, explicou o governador, pode existir a possibilidade de manifestações com cortejos para lembrar as principais manifestações culturais no estado.” Estamos vendo com a Secretária de Cultura alguns cenários e iremos anunciar, agora no mês de maio, a possibilidade de fazer algo, alguns cortejos para marcar essas datas”.

Retomada das aulas

Sobre as aulas presenciais, Dino afirmou que as atividades serão retomados em breve, mas sem data definida e que será em formato híbrido (aulas on-line e presenciais).”Já orientei o secretário de estado da educação a coordenar esse debate com as redes municipais, é evidente que a decisão compete a cada prefeito e prefeita de cada umas das 217 cidades do Maranhão”, disse.

Vacinação

Ainda durante a coletiva, ele enfatizou que o estado precisa de 10 milhões de doses de vacina para poder falar de ‘imunidade coletiva’. “Nós estamos caminhando, mas infelizmente estamos em um patamar muito abaixo daquele que é necessário para nós termos uma imunização efetiva da população”, esclareceu.

Medidas Sanitárias contra Covid-19

Sobre as medidas restritivas ficam mantidas algumas e outras serão flexibilizadas. O comércio e indústria funcionam entre 9h, 21h e bares e restaurantes até às 23h e supermercados das 6h às 0h. Já as academias, os supermercados e os salões de beleza poderão funcionar apenas com 50% de ocupação.

Os eventos com até 50 pessoas continuam permitidos. Estará liberado a partir deste sábado (15) música ao vivo. Já a partir de segunda (17), eventos com até 100 pessoas estarão liberados. As igrejas funcionam com 50% da capacidade e a administração pública também.

Segundo o governador, o regime em vigor vai até o dia 24 de maio. O grupo de risco vacinado já pode retornar ao trabalho, desde que já esteja imunizado a mais de 30 dias, exceto gestantes.