Jovem italiana recebe seis doses de vacina contra covid-19 por engano

Uma jovem italiana da comuna de Massa, no norte do país, recebeu seis doses de vacina contra o coronavírus por engano, razão pela qual teve de passar um dia sob observação no hospital, embora já tenha recebido alta e passe bem.

A mulher, de 23 anos, trabalha como residente de psicologia clínica e, como profissional de saúde, foi vacinada dentro das categorias prioritárias, segundo confirmaram as autoridades de saúde locais em uma entrevista coletiva online na segunda-feira, 10.

Segundo as autoridades, a jovem foi injetada com uma ampola inteira de vacina Sars-Cov-2 da Pfizer/BioNTech, que contém seis doses.

Ao se dar conta do erro, as enfermeiras responsáveis explicaram o que aconteceu à jovem, que seguiu então para o departamento de emergência em Massa, onde esteve sob observação durante 24 horas até ser liberada hoje.

Embora não tenham sido registrados efeitos colaterais, os médicos continuarão a monitorar seu progresso para avaliar os efeitos no seu sistema imunitário depois de receber uma dose excessiva da vacina.

Essa overdose já foi comunicada à Agência Italiana de Medicamentos (AIFA) e as autoridades sanitárias regionais abriram uma investigação para esclarecer o incidente.

Segundo a agência italiana, os testes sobre os efeitos de uma possível overdose da vacina da Pfizer/BioNTech se limitaram à aplicação de quatro doses. Isso significa que este caso de seis doses e seus potenciais efeitos colaterais ainda são desconhecidos na literatura médica. (Com agências internacionais)