Policial militar que matou esposa e suposto amante no Vicente Fialho é licenciado da PM

Foi licenciado da Polícia Militar o soldado Carlos Eduardo Nunes, que foi indiciado pelos crimes de feminicídio e homicídio, após assassinar a esposa, no dia 25 de janeiro de 2020, após flagrá-la em casa com um suposto amante que também foi vítima de Carlos Eduardo, em um condomínio fechado, no bairro Vicente Fialho, na capital.

O licenciamento da corporação foi oficializado no Diário Oficial do Governo do Maranhão, no dia 30 de abril.

Na época do crime, o PM Carlos Eduardo Nunes teria chegado por volta de 13h30 no apartamento que dividia com a mulher.