Saiba quais são os novos pontos de testagem para a Covid-19 em São Luís

O Governo do Maranhão está disponibilizando novos pontos de testagem para a população. Nesta quarta-feira (28), os testes puderam ser realizados no Parque do Rangedor, e até este domingo (2) a Secretaria de Estado da Saúde (SES) reforça a testagem com pontos itinerantes pela capital. Os testes oferecidos são do tipo PCR-RT, feito a partir de uma amostra de nasofaringe e considerado padrão ouro.  

Nesta quinta-feira (29) e sexta-feira (30), a testagem estará disponível na Reserva do Itapiracó, das 16h às 21h. No sábado (1º), os testes estarão disponíveis à população na Avenida Litorânea, das 8h às 16h e no Espigão Costeiro da Ponta d’Areia das 16h às 21h. No domingo (2), os testes poderão ser realizados novamente na Avenida Litorânea, das 8h às 12h. Os pontos itinerantes têm como apoio o ônibus de ações externas do Hemomar. 

O secretário adjunto de Assistência à Saúde, Carlos Vinícius de Araújo destaca que ao ampliar a oferta de testes para a Covid-19, o Governo reforça um de seus pilares no enfrentamento à pandemia no estado.

“O monitoramento de casos da Covid-19 no Maranhão através da testagem tem sido feito pelo Governo desde antes da confirmação do primeiro caso da doença no estado. A testagem, assim como as ações de prevenção e a assistência aos pacientes, são pilares do nosso trabalho para enfrentar a pandemia”, afirma Carlos Vinícius.      

O serviço está sendo executado pela Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com a Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh). “Estabelecemos novos fluxos de atendimento diante do cenário de pandemia da Covid-19 no Brasil. A ideia é identificar na população o vírus ativo e, assim, o mais rápido possível, providenciar o atendimento em uma das de nossas unidades de saúde, além de promover o distanciamento com a quebra do ciclo do vírus”, afirmou Marcos Grande, presidente da Emserh. 

Para a testagem, é necessário apresentar documento oficial com foto, cartão do SUS e comprovante de residência.  

Marcius Silva, de 48 anos, soube do ponto de testagem no Parque Rangedor por meio de amigos e mensagem via aplicativo. “Há uns dois dias tenho sentido alguns sinais e sintomas, e como fiquei sabendo do espaço, resolvi aproveitar a oportunidade. Acredito que este serviço será essencial para quem precisa, principalmente na mobilização por espaços diferenciados, trazendo mais conforto e tranquilidade”, disse. 

O agente de saúde Luís de Sá Marques, de 63 anos, comentou que a disponibilização dos testes amplia a sensação de segurança na população. “Além do teste, é um local onde a pessoa pode tirar dúvidas também”, disse.