Featured Video Play Icon

Os motoristas e cobradores da empresa Viação Estrela continuam com protesto na porta da empresa por reivindicar o pagamento dos salários de forma correta, além de outras solicitações dos vencimentos dos profissionais.

A polícia militar está no local com a liminar que autoriza a circulação dos ônibus, com pelo menos a frota reduzida. Porém, os profissionais impossibilitam a saída desses ônibus e o clima chegou a ficar tenso no local.

A tropa de choque foi chamada para conter os ânimos e liberar a passagem.

O sindicato enviou uma nota informando sobre o caso.

Confira a nota:

Sem acordo entre patrões e trabalhadores, a Viação Estrela realizou a contratação temporária, somente de motoristas, para que pudessem circular com os ônibus que seguem parados desde a última terça-feira.

A medida adotada pela empresa, é um grande descumprimento a Convenção Coletiva de Trabalho dos Rodoviários, já que nenhum ônibus pode circular pela cidade sem a presença do cobrador. Por esta razão, o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, está neste momento, na porta da garagem da Viação Estrela realizando uma ação de fiscalização, com foco em coibir ônibus que estão tentando circular por São Luís, sem cobradores.

Sem acordo entre patrões e funcionários da Viação Estrela (cobradores e motoristas), a paralisação dos ônibus da Viação Estrela, já se estende por mais de 48 horas.

OBS: O Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, Marcelo Brito e diretores da entidade, estão neste momento, na porta da garagem da Viação Estrela.

Ascom Sind. Rodoviários-MA