“Estaremos sentindo a vibração  da torcida em TV aberta”, diz técnico do Sampaio

Na véspera do jogo do Sampaio Corrêa contra o CSA, que acontece neste sábado (10), às 16h no Estádio Castelão, com transmissão da TV Difusora, o técnico Rafael Guanaes falou, com exclusividade a equipe do MA 10, sobre o compromisso de garantir a classificação e o atual momento da equipe, no Estadual e na Copa do Nordeste.

“As coisas estão caminhando na velocidade que deveria ser. É impossível fugir do processo, pois no Brasil as coisas são imediatistas e de resultados positivos. Estamos em uma crescente, claro que em alguns momentos tivemos oscilações, mas tivemos evolução no desempenho coletivo e individual”, disse o treinador.

O treinador ressaltou que está convicto com os caminhos e objetivos traçados, ainda mais a Bolívia Querida dependendo apenas de suas forças para garantir a classificação para a segunda fase da Copa do Nordeste.

“Já tivemos bons jogos, não é só posse de bola ou número de finalizações que ganha jogo, precisa ser objetivo e fazer gol. Mas é importante propor o jogo e criar chances de gols. Queremos eficiência e eficácia, independente de posse de bola”, destacou o treinador.

Para o duelo deste sábado, o Sampaio tem alguns problemas, como os zagueiros Paulo Sergio e Allan Godoi, ambos estão em processo de recuperação e dificilmente estarão à disposição do treinador. Fora isso, o treinador promete força máxima para este sábado.

TV Difusora

A partida terá transmissão exclusiva em TV Aberta pelo Sistema Difusora e o treinador ressaltou a importância da torcida em apoiar os jogadores e passar uma energia positiva ao time, pois ainda está suspensa a presença da torcida no estádio.

“Já existe muita coisa que divide e separa. Desejamos uma força a mais, pois estamos focados na classificação e isso é importante para mim, como profissional e pai, para os jogadores que estão aqui, para o presidente e toda a torcida. Quero agradecer pela cobertura da TV Difusora em um momento tão delicado e estaremos sentindo a vibração da torcida em TV aberta”, finalizou o técnico do Sampaio.