Homem suspeito de exercício ilegal da medicina é preso

Um homem, que não teve sua identidade revelada, foi preso neste sábado (27) por crime de falsidade ideológica e exercício ilegal da medicina no município de Rosário, durante Operação Esculápio, realizada pela Polícia Civil.

O suspeito se passava por médico utilizando nome e registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) de outro profissional. Ele já tinha atendido diversas pessoas e documentos comprovam sua atuação indevida. Outros pessoas podem estar envolvidas no mesmo crime.

Após denúncias, a Operação Esculápio visa combater a prática do crime de exercício ilegal da medicina nos municípios da 1° Regional de Rosário e recebeu esse nome por Esculápio ser o Deus da Medicina e da Cura na mitologia.