“Chegamos a marca de 5 mil óbitos em face do coronavírus”, afirmou Flávio Dino

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (26), o governador Flávio Dino (PCdoB) afirmou que o Maranhão atingiu a triste marca de 5 mil mortes em decorrência da Covid-19. Nesta semana, o Estado voltou a registrar um aumento na taxa de ocupação de leitos para a Covid-19. A situação é mais crítica na Grande Ilha de São Luís e em Imperatriz.

De acordo com Dino, ainda não há possibilidade do Maranhão aderir ao lockdown, mas que novas medidas para contenção da doença serão aplicadas. “Hoje nós vamos tomar algumas medidas, mas nenhuma nessa direção de lockdown’’, afirmou o governador.

Novas medidas

  • As cirurgias eletivas estão sendo suspensas em alguns hospitais da rede estadual, sobretudo os mais sobrecarregados com coronavírus
  • O serviço de UTI será ampliado
  • Que 60 leitos serão disponibilizados no Hospital de Campanha em Imperatriz, que deve começar a funcionar a partir de 8 de março
  • A rede estadual de saúde vai receber cerca de 200 capacetes elmos, para auxiliar na internação dos pacientes
  • O HCI vai receber 72 novos leitos 

No boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (SES) na última quinta-feira (25), em 24h foram registrados 854 novos casos e 17 novos óbitos pela doença. A última vez que o estado havia contabilizado a mesma quantidade de mortes aconteceu em 10 de agosto do ano passado. Das mortes registradas, oito foram nas últimas 24 horas e os demais foram registrados em dias ou semanas anteriores.