Bacabal inicia atendimentos contra a Covid-19 no Hospital de Campanha

O Governo do Maranhão deu início, nesta segunda-feira (22), aos atendimentos no Hospital de Campanha de Bacabal, que será utilizado como ambulatório com consultas médicas para tratar sintomas iniciais da Covid-19. Oferecendo inicialmente 23 leitos, sendo 15 de medicação e 8 de observação, a unidade também oferecerá testes para diagnóstico da doença e funcionará como Hospital-Dia, auxiliando o Hospital Regional Dra. Laura Vasconcelos no combate ao coronavírus.

A estrutura do hospital de campanha foi doada ao Maranhão pelo governo dos Estados Unidos. Em visita à unidade, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, destacou o empenho do Governo do Maranhão em continuar combatendo a Covid-19.

“Este é um importante equipamento que servirá também como centro de referência para testagem da população. Os casos leves e moderados da Covid-19 serão referenciados para cá, onde receberão seu primeiro atendimento e, necessitando de outra unidade hospitalar, serão referenciados para as unidades hospitalares do estado”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

O Hospital de Campanha de Bacabal oferecerá assistência a pacientes com sintomas leves ou iniciais do novo coronavírus, atendendo diariamente das 7h às 19h. No ambulatório do Hospital, os pacientes serão avaliados e, caso necessário, passarão por exames de laboratório e de imagem, como tomografia e raio-x. Os casos considerados mais graves serão referenciados para o Hospital Regional Dra. Laura Vasconcelos, unidade referência para pacientes com quadro grave da Covid-19 na região.  

Instalada nas dependências do Ciretran de Bacabal, a unidade foi viabilizada após os diálogos estabelecidos pela Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) com a embaixada norte-americana no Brasil.

“Todos os esforços são importantes para que possamos garantir um atendimento digno. Esta unidade chega em uma boa hora, pois estamos atravessando uma nova onda de contaminação, e vem para uma região com uma densidade habitacional muito grande e vai atender não apenas a população de Bacabal, como também a população da região”, afirma o secretário da Seinc, Simplício Araújo.   

Estrutura

O Hospital de Campanha de Bacabal tem capacidade para atender pacientes de toda a Região do Mearim. A estrutura já foi usada no Iraque, no deserto, além de áreas de regiões muito frias. É térmico e tem cinco ares-condicionados de 40 a 60 mil btus, e possui todo um sistema de reservatório de água e de tratamento de esgoto.

Após a pandemia, a unidade ficará à disposição do Estado para atender a população. Além da unidade hospitalar, o governo norte-americano doou, também, material de limpeza hospitalar, EPIs, macas, aparelhos de ar-condicionado e gerador de energia.