Featured Video Play Icon

Com informações do repórter Ciro Mineiro

Após quase dois anos de espera, o processo licitatório para a contratação da empresa que deverá recuperar o ginásio Castelinho ocorrerá ainda nesse mês. O desabamento da cobertura do ginásio castelinho ocorreu em 6 de março de 2019.

De acordo com a Secretaria do Esporte e Lazer (Sedel), a pandemia provocada pela covid-19 atrapalhou os planos e atrasou o processo de execução da obra de recuperação total do ginásio.

“A gente teve um atraso de mais ou menos um ano nesse processo, por causa da pandemia. É preciso a gente lembrar que na época da pandemia houveram duas situações: a diminuição de trabalho de todo esse segmento e também foi priorizado dentro do estado o combate a pandemia”, explicou Rogédio Cafeteira, secretário de Esporte e Lazer.

Assim que a estrutura superior do ginásio entrou em colapso e caiu, uma contratação emergencial foi cogitada, para que a obra fosse imediatamente executada, só que as questões burocráticas impediram, na época, o início dos serviços.

Além do ginásio Castelinho, a secretaria também prevê ainda para este ano, a revitalização de todo o Complexo do Canhoteiro.