Featured Video Play Icon

O Secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, foi entrevistado hoje no programa Bom Dia Difusora e explicou o panorama da pandemia no Maranhão. Com o crescimento do número de casos, o estado está ampliando os leitos de Unidade de Terapia Intensiva e de Enfermaria.

É um número preocupante. Temos desde o início de dezembro um aumento constante do número de casos, isso se acentuou no mês de janeiro, sobretudo depois das festas de final de ano. A gente teve novamente que remodelar o sistema de saúde exatamente para fazer frente ao aumento de casos”, disse.

Há a necessidade de recursos do Governo Federal para que a ampliação dos leitos seja possível. “Em dezembro, a gente tinha 12 mil leitos no Brasil habilitados de UTI de covid-19. São leitos que o Governo Federal financia parte dos recursos. Um leito de UTI custa em média R$2.500 reais por dia no sistema público, o Governo Federal financiava R$1800 e o restante, o estado ou município bancava. Desses 12 mil, se transformaram em 6 mil em janeiro e 3 mil em fevereiro. Então hoje no Brasil inteiro só há 3 mil leitos de UTI habilitados“, explicou.

O secretário também alertou sobre a variante de Manaus. “Essa nova variante não é só mais transmissível como também mais letal”. Para Carlos Lula é necessário cuidado e cautela neste momento. “A gente tá olhando o final dessa guerra e a gente não pode perder ela agora”, disse.