Pacientes oncológicos também entrarão no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19

Os pacientes oncológicos também entrarão no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19. Para isso, a Prefeitura de São Luís já iniciou um levantamento de todos os pacientes em unidades de hemodiálise, quimioterapia, radioterapia, entre outros tratamentos contra o câncer na capital, para que eles sejam vacinados na própria unidade onde já fazem o tratamento.

Desde o dia 19 de janeiro, quando teve início a vacinação dos profissionais da área da saúde, São Luís já imunizou cerca de 28 mil pessoas com a primeira dose da vacina.  Fazem parte do grupo prioritário, os profissionais de saúde e idosos a partir de 75 anos. Novos grupos estão sendo incluídos à medida que mais doses da vacina cheguem à capital maranhense, conforme estabelecido no Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde.

Para os idosos a partir dos 75 anos, a Prefeitura disponibilizou a plataforma #VacinaSão Luís, onde deve ser preenchido formulário com todas as informações necessárias para efetuar o cadastro. Após o cadastramento, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) entra em contato, informando o dia, local e horário em que o idoso receberá a primeira dose da vacina. O formulário pode ser acessado no endereço: www.saoluis.ma.gov.br/vacinasaoluis.

Para correção de informações no cadastro do idoso, a Semus disponibilizou o número exclusivo de atendimento: 98 991744442.  A Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) está realizando a busca ativa dos idosos que não têm acesso à internet para fazer o agendamento para receber a primeira dose do imunizante.

Atualmente, a Prefeitura consegue vacinar até 1 mil idosos por dia, no entanto, com a chegada de mais doses de vacina, o que deve acontecer, ainda esta semana, a capacidade de atendimento chegará a 2 mil idosos por dia. “Como nos antecipamos montando o Plano Municipal de Imunização antes mesmo de assumirmos a Prefeitura, só precisamos receber as doses para vacinar a população. Proporcionalmente, já vacinamos mais que a cidade de Recife e estamos à frente até mesmo da cidade de São Paulo, que vai iniciar a vacinação dos idosos no próximo dia 8”, destaca o prefeito Eduardo Braide.

Os idosos que se vacinarem com a vacina da Oxford/AstraZeneca serão imunizados com a segunda dose após três meses. Já os que receberem a Coronavac, deverão ser imunizados com a segunda dose em três semanas. Todos aqueles que receberem a primeira dose têm a garantia da segunda dentro do prazo devido.

Quais grupos já foram vacinados?    

Profissionais que atuam na linha de frente (em urgência, emergência, UTIs e setores Covid em hospitais);

Profissionais da saúde maiores de 60 anos;

Profissionais da saúde entre 40 a 59 anos:

Profissionais da saúde entre 35 a 39 anos:

Idosos e pessoas com deficiência que vivem em instituições de longa permanência:

Idosos a partir dos 75 anos.