Terminal Rodoviário de São Luís passa pela segunda desinfecção biológica pra combater a Covid 19

Uma parceria entre a Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico Ltda (SINART), empresa que administra o terminal, e o Exército Brasileiro possibilitou a realização de desinfecção biológica do Terminal Rodoviário de São Luís. O procedimento é necessário para evitar a propagação do novo coronavírus e a primeira desinfecção aconteceu em maio de 2020, durante o lockdown.

A aplicação foi realizada pelos militares do 24° Batalhão de Infantaria de Selva (BIS), que percorreram as instalações da rodoviária e fizeram aplicação de solução de quaternário de amônio. As atividades de higienização é apenas uma das diversas ações do protocolo de segurança já realizadas no Terminal Rodoviário, para combater a Covid 19.

A substância tem elevada eficiência no processo de sanitização e faz toda diferença no combate ao novo coronavírus, como aponta a gestora do Terminal. “Esta é uma ação importante, as pessoas não estão dando a devida relevância para casos de infecção e gravidade do aumento de casos do novo coronavírus, mas nós permanecemos vigilantes e atuando no combate a Covid19”, destacou a gestora de Terminais SINART, Cláudia Peres.

O exército tem atuado em ações como esta desde o início da pandemia, com a missão de garantir segurança a população e atuar com toda expertise e aparato do exército Brasileiro. ” Lutando sem temor, o Batalhão Barão de Caxias prossegue prestando seu apoio à sociedade maranhense, estendendo a mão amiga do Exército Brasileiro contra essa ameaça que aflige a humanidade”, frisou o comandante do 24°, Tenente Coronel Henrique Rendeiro.