Sessão solene marca reabertura oficial dos trabalhos na Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa do Maranhão iniciou oficialmente os trabalhos da 3ª sessão legislativa da 19º Legislatura, durante sessão solene realizada nesta terça-feira (2), no Plenário Nagib Haickel. A solenidade foi conduzida pelo vice-presidente da Casa, deputado Glalbert Cutrim (PDT), e teve início com a leitura da Mensagem Governamental pelo secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, representando o governador Flávio Dino. 
 
A sessão contou com a presença de parlamentares e autoridades, entre elas, a vice-prefeita de São Luís, Professora Esmênia Miranda (PSD), o defensor-geral do Estado, Alberto Bastos, e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Maranhão (OAB-MA), Thiago Diaz. 
 
Na solenidade, Glalbert Cutrim falou sobre a honra de presidir a sessão que marcou oficialmente o início dos trabalhos no Legislativo maranhense em 2021, ano que, segundo ele, sucede um dos mais difíceis períodos enfrentados por todo o mundo, que em 2020 foi assolado pela pandemia da Covid-19. 
 
“O nosso trabalho é sempre estar junto da população e fazer o possível e o impossível para que todos estejam bem. Fizemos isso durante todo o ano de 2020, sob o comando do presidente Othelino Neto, que rapidamente viabilizou um sistema que permitiu que fizéssemos as sessões de forma virtual, o que não deixou a Assembleia parar. Aprovamos medidas do governo e projetos de leis de interesse direto da população, que ajudaram a cuidar e salvar muitas vidas”, afirmou o vice-presidente da Alema. 
 
O parlamentar reforçou que, em 2021, todos os 42 deputados continuarão trabalhando em benefício dos maranhenses, independente de situação, oposição, cor partidária ou ideologias. 
 
“Estamos irmanados em um único objetivo, que é cuidar e ajudar o Governo do Estado a proteger o povo do Maranhão. Em nome do presidente Othelino e dos outros 41 deputados, afirmo que esta Assembleia estará pronta para o combate, assim como estivemos em 2020, para que possamos atravessar essa fase o mais rápido possível e nossas atividades voltem ao normal”, assinalou Glalbert Cutrim. 

Mensagem 
 
Durante a leitura da Mensagem Governamental, o secretário-chefe da Casa Civil destacou os desafios enfrentados em 2020 com a pandemia da Covid-19, bem como as medidas que foram tomadas para conter a doença no estado e preservar vidas.  

Ele também elencou os investimentos públicos, além das ações de governo em apoio aos negócios privados, a exemplo da concessão da anistia e desconto de impostos, para a manutenção das atividades econômicas no estado  durante a pandemia. 
 
A mensagem também comemora a chegada da vacina e a logística executada pelo Governo do Estado para garantir a distribuição dos insumos aos municípios.                                      
 
“Esperamos, agora, que todos os maranhenses sejam imunizados e voltemos à normalidade das atividades econômicas e sociais. Desejo que 2021 seja um ano de superação de desafios e de grande união entre o Governo do Estado e os demais Poderes. Reitero o pedido de apoio a todos os deputados e deputadas para prosseguirmos irmanados nesse esforço de união e superarmos o mais rápido possível as intempéries que enfrentamos”, afirma o governador Flávio Dino na mensagem. 

Autoridades

A vice-prefeita de São Luís, Professora Esmênia Miranda, afirmou que o ano de 2021 começa com muitos desafios e requer a união de todos os poderes para o enfrentamento da pandemia. “Precisamos nos dar as mãos para superar esse quadro sócio- econômico que estamos vivenciando como consequência da pandemia. E, nesse sentido, o Poder Legislativo Estadual assume um papel relevante”, salientou.

O defensor público Alberto Bastos disse que espera que a Assembleia Legislativa dê continuidade às ações de enfrentamento à pandemia, adotando medidas de proteção à população, sobretudo à parcela mais vulnerável, a exemplo do trabalho realizado ano passado. “Agradecemos à Assembleia pela postura cada vez mais harmônica com a Defensoria Pública do Maranhão, que visa promover, capilarizar e levar mais acesso à Justiça e aos direitos a quem mais precisa”.

Por sua vez, Thiago Diaz disse que o papel do Poder Legislativo Estadual será muito grande no sentido de criar as normas legislativas capazes de permear o combate a essa segunda onda do coronavirus e de fiscalizar a execução das políticas públicas.