SES investiga 20 casos suspeitos de variante do novo coronavírus no Maranhão

Vinte amostras de pacientes que tiveram alguma suspeita de Covid-19 no Maranhão, com características que poderiam indicar a presença de uma variante do novo coronavírus estão sendo investigadas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

 

Segundo a SES, até o momento, não há casos confirmados de novas variantes em circulação no Maranhão. As 20 amostras foram enviadas para investigação e análise no Instituto Evandro Chagas, laboratório referência, seguindo os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde. O laboratório tem até 60 dias para informar os resultados.

A nova cepa apresenta uma carga viral mais alta, o que pode resultar em uma infecção mais disseminada dentro do corpo. Essa quantidade maior de vírus pode ser a responsável por mais tosses e dores musculares mais intensas.

A indicação geral segue sendo o distanciamento social e o uso de máscaras. A ONS aconselha as pessoas a fazerem um teste para covid-19 se apresentarem um (ou mais) dos três sintomas principais: febre, tosse ou perda do olfato ou paladar.

Veja a nota na íntegra

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que, até o momento, não há casos confirmados de novas variantes em circulação no estado do Maranhão.

A SES ressalta que realizou o envio de 20 amostras para investigação e análise no Instituto Evandro Chagas, laboratório referência, seguindo os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Isto é, pacientes que viajaram para áreas de fronteiras evoluíram a óbito ou apresentam quadro sintomático da Covid-19, bem como os suspeitos de reinfecção com dois testes positivos de RT-PCR em intervalo igual ou superior a 90 dias.

O laboratório tem até 60 dias para informar os resultados.