Bancários temem fechamento de agências e demissões

Nesta quinta-feira, 21, os bancários de todo país estão mobilizados pelo dia nacional de luta contra o fechamento das agências do Banco do Brasil em todo país. No Maranhão, a diretoria do banco anunciou o fechamento de cinco agências. O fechamento faz parte do plano de restruturação anunciado pelo Banco do Brasil.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB- MA), Eloy Natan, o fechamento das agências e a criação de postos de atendimentos afetam diretamente a qualidade do serviço e a economia local.

Os mais de cem funcionários que trabalham nestas agências e postos serão remanejados dentro da empresa, e provavelmente irão trabalhar em outros municípios. “Muitos serão transferidos de forma compulsória para locais longe da sua residência, além da redução dos seus salários”, disse Eloy. E em alguns casos, duas modalidades de desligamento voluntário.

Agências fechadas

No Maranhão, cinco agências serão fechadas, sendo duas em São Luís (Cohatrac e Reviver), Bacabal (Agência Texeira Mendes), Imperatriz (Praça da Cultura) e Caxias (Volta Rendonda). Além dessas agências, dois postos de atendimentos também estão sob ameaça de fechamento nas cidades Governador Archer e Santa Quitéria.