Homem é conduzido por injúria racial em agência bancária da capital

Agentes da Guarda Municipal de São Luís conduziram na manhã de hoje (20), um homem por injúria racial. O caso ocorreu em uma agência bancária localizada na Praça Deodoro, no centro da cidade. De acordo com informações da guarnição, a vítima trabalha como vigilante na instituição financeira.

 A equipe foi acionada por populares, sobre uma confusão entre um cliente e um vigilante. O caso ocorreu por volta das 11h. A vítima informou que foi chamada de “preta nojenta ridícula” pelo suspeito, além de outros xingamentos de cunho racista, no meio de várias pessoas que estavam na agência bancária. O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado até o 8º Distrito Policial da Liberdade.

Na delegacia, várias testemunhas compareceram para prestarem depoimento em favor da vítima. Participaram da autuação, o subinspetor Oliveira e os guardas Almeida e Ney Diniz