Featured Video Play Icon

Faltando seis rodadas para o término do Campeonato Brasileiro da Série B, e com sete pontos longe do G-4, o técnico Léo Condé mandou um recado para os torcedores bolivianos. Segundo o comandante, a missão ficou difícil, mas não impossível. O primeiro grande desafio é o Cruzeiro, nesta sexta-feira (08), às 21h30, no Estádio Castelão.

“Enquanto tivermos chances matemáticas, vamos lutar para atingir o objetivo do acesso. Mas os resultados não estão vindo, pois os adversários começaram a estudar melhor a equipe, a marcar melhor, principalmente a marcar mais o artilheiro do campeonato, o Caio Dantas, o que é normal”, disse o técnico.

Segundo Léo Condé, faltou tempo para treinar a equipe e propor um jogo diferente e outras alternativas. “Montamos um time as pressas e o futebol precisa de tempo para atingir um nível elevado, por isso essas alternâncias de momentos bons e momentos não tão bons. Mas o modo de marcar e movimentação vai da característica de cada jogador”, disse o técnico.

Sobre o próximo confronto da Bolívia Querida, Leo Condé aposta em uma vitória contra o Cruzeiro. “Conseguimos uma vitória expressiva no primeiro turno e, quem sabe, uma boa vitória aqui. O torcedor boliviano tem orgulho dessa equipe, campeã estadual e fez grandes jogos, lutando na parte de cima da tabela e ainda com chances de subir para a série A. Também temos o artilheiro da competição. Antes de criticar, temos que avaliar os que esses atletas ja fizeram de bom”, disparou Condé.

O Sampaio soma 45 pontos e o Juventude, último do G-4, tem 52 pontos.