Featured Video Play Icon

Com o início das chuvas, a Defesa Civil informou que São Luís conta com 60 pontos considerados áreas de risco de desabamento, alagamentos e deslizamentos de terra. Entre os pontos críticos está o bairro da Salina do Sacavém, onde, em 2008, um deslizamento de terra causou a morte de duas pessoas.

De acordo com o pedreiro João Paulo, morador do bairro, esse é um perigo constante. “Eu fico com medo, pois se o inverno for forte, acontece outro alagamento. Moramos em área de risco e qualquer chuva que chegar, vai ser difícil para os moradores”, disse.

Os outros pontos que também entram na lista dos mais perigosos são o Centro Histórico (devido os casarões antigos), eixo Itaqui-Bacanga e Coroadinho. De acordo com a Defesa Civil, essas regiões são monitoradas o ano inteiro para evitar acidentes. O órgão também alerta que os casos de reincidência acontecem porque as pessoas voltam para o mesmo lugar.

“A Defesa Civil está terminando de fazer o mapeamento e esse serviço é feito todo ano antes do período chuvoso. Os 60 pontos estão sendo visitados para saber se houve aumento no número de pessoas, se diminuiu ou se existe alguma gravidade na área. A pessoa tem que entender que ela não pode morar em um local que não traga segurança para ela e sua família”, destacou a superintendente da Defesa Civil, Elitânia Barros.