Ministério da Saúde realiza pesquisa sobre cobertura vacinal infantil em São Luís

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) tem somado esforços junto ao Ministério da Saúde (MS), para realização do Inquérito de Cobertura Vacinal nas capitais brasileiras. Em São Luís, a pesquisa iniciou na última terça-feira (15), em toda a cidade e pretende retirar uma amostra de 900 crianças nascidas em São Luís no ano de 2017. A pesquisa tem a finalidade de saber sobre a cobertura vacinal até os dois anos de idade e quais as vacinas estas crianças estão recebendo, para que se verifique as que ainda não tomaram e, partir disso, definir estratégias para o município.

O Ministério da Saúde está realizando a pesquisa por meio da empresa Science (sociedade para o desenvolvimento da pesquisa científica), que fará a pesquisa de campo por meio de um questionário em dispositivos móveis como tabletes. A Semus, dentro dessa parceria, está realizando a comunicação na mídia local e nas redes sociais incentivando a adesão da população à pesquisa.  

“Seguindo orientação do prefeito Edivaldo, a Semus está de mãos dadas junto ao Ministério da Saúde quanto ao apoio da nossa comunicação para incentivar a adesão da população ao inquérito vacinal”, afirma a Secretária de Saúde de São Luís, Natália Mandarino.

Uma equipe de seis pessoas da empresa contratada pelo MS está em campo devidamente identificada e com Equipamentos de Proteção Individual (EPI), e sob orientação de um supervisor. As perguntas são direcionadas aos pais ou responsáveis legais que deverão ter em mãos a carteira de vacinação da criança.

Durante a pesquisa, a equipe solicita que o entrevistado assine um terno de consentimento autorizando o registro fotográfico do esquema de vacinação que constam na carteira. Para outras informações e dúvidas, o cidadão pode entrar em contato por meio do número de telefone 136, do Ministério da Saúde.