Featured Video Play Icon

A Sede do Ceprama recebe o 15º encontro de miolos que fazem parte da cultura maranhense do Bumba-meu-boi, que ficarão em exposição até o dia 11 de dezembro. O objetivo do encontro é homenagear todos aqueles que são peças fundamentais da cultura e que fazem parte do comércio informal.

Por conta da pandemia, os miolos não trabalharam e para o produtor cultural, Zé Reis, as lives foram fundamentais. “Fizemos lives para prestigiar o pessoal do anonimato que ninguém conhece no período junino e foi um sucesso”, disse o produtor cultural.