Fifa sorteia grupos das Eliminatórias Europeias para a Copa de 2022, no Catar

A Fifa sorteou nesta segunda-feira, em sua sede em Zurique, na Suíça, os 10 grupos das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022, que será no Catar. Ao todo, 55 seleções disputarão 13 vagas. Portugal, Espanha, Itália, França, Bélgica, Dinamarca, Holanda, Croácia, Inglaterra e Alemanha, nesta ordem, são as seleções cabeças de chave.

São cinco chaves com cinco representantes e outras cinco com seis equipes. Apenas os campeões avançam diretamente. Os 10 segundos colocados se juntam a dois líderes da Liga das Nações que não se garantirem para repescagem valendo mais três vagas.

Destaque para os confrontos diretos entre Portugal x Sérvia; Espanha x Suécia; Holanda x Noruega e Inglaterra x Polônia. Já Itália, França, Bélgica, Dinamarca, Croácia e Alemanha não devem ter problemas para confirmarem o favoritismo em suas chaves.

A primeira fase das Eliminatórias Europeias será toda em 2021 – começa no dia 24 de março e vai até 16 de novembro. A repescagem está marcada para março de 2022.

Por estarem na fase final da Liga das Nações, que será jogada em outubro de 2021, as seleções de França, Itália, Espanha e Bélgica foram colocadas nos grupos com cinco representantes.

Confira os grupos das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2022:

  • Grupo A – Portugal, Sérvia, Irlanda, Luxemburgo e Azerbaijão;
  • Grupo B – Espanha, Suécia, Grécia, Geórgia e Kosovo
  • Grupo C – Itália, Suíça, Irlanda do Norte, Bulgária e Lituânia
  • Grupo D – França, Ucrânia, Finlândia, Bósnia-Herzegovina e Casaquistão
  • Grupo E – Bélgica, País de Gales, República Checa, Bielo-Rússia e Estônia
  • Grupo F – Dinamarca, Áustria, Escócia, Israel, Ilhas Faroe e Moldávia
  • Grupo G – Holanda, Turquia, Noruega, Montenegro, Letônia e Gibraltar
  • Grupo H – Croácia, Eslováquia, Rússia, Eslovênia, Chipre e Malta
  • Grupo I – Inglaterra, Polônia, Hungria, Albânia, Andorra e San Marino
  • Grupo J – Alemanha, Romênia, Islândia, Macedônia, Armênia e Liechtenstein

*Com informações do Estadão Conteúdo