Três praias de São Luís continuam com trechos impróprios para banho

As praias do Calhau, Olho d’Água e São Marcos possuem cinco trechos impróprios para banho, de acordo com o último laudo divulgado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), por meio do Laboratório de Análises Ambientais. 17 trechos seguem liberados.

Segundo o laudo, na praia de São Marcos há dois pontos citados no monitoramento: em frente a Praça do Pescador, próximo a Barraca do Chef, e diante a banca de jornal da Praça de alimentação da Litorânea. No Calhau, os pontos ficam nas proximidades da Pousada Vela Mar e em frente à descida da Avenida Copacabana e Pousada Suíça. Já no Olho D’água, o trecho impróprio fica em frente à descida da rua São Geraldo.

O estudo da SEMA indicou que 75% das praias monitoradas estão adequadas. A metodologia de análise é a mesma adotada no mundo todo. O laudo refere-se à ação de monitoramento realizada no período de 03 de 30 novembro, integrando a série de acompanhamento semanal das condições de balneabilidade das praias da Ilha do Maranhão.

Foram coletadas e analisadas amostras de água de 22 pontos distribuídos nas praias de São Luís e trechos de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. O monitoramento obedece aos padrões estabelecidos na Resolução Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) nº 274/2000. A atual avaliação de balneabilidade, segundo a SEMA, é considerada a melhor dos últimos 10 meses.