Três réus são absolvidos de linchamento ocorrido na capital

Três dos nove suspeitos envolvidos no linchamento de Cleidenilson Pereira da Silva, em julho de 2015 no bairro Jardim São Cristóvão, em São Luís, foram absolvidos pela justiça. O caso foi julgado pelo 2º Tribunal do Júri da capital.

O homem foi agredido até a morte e amarrado em um poste, por suspeita de ter assaltado um bar na região. O caso teve repercussão nacional e internacional pela brutalidade da agressão sofrida pela vítima. A foto do jovem amarrado e despido gerou revolta e deu ao caso grande repercussão.

Os três réus foram absolvidos ontem (01), após o júri entender que não haviam provas suficientes para a condenação. Os outros seis suspeitos vão a julgamento nesta quinta-feira (3).

O julgamento do caso foi marcado, após cinco anos. Os suspeitos envolvidos do linchamento de Cledenilson e do adolescente, que estava com ele durante o assalto, foram indiciados por tentativa de homicídio (contra o menor) e homicídio duplamente qualificado por meio cruel e sem chance de defesa — contra o jovem.