Escrivão da SHPP morre após viatura da Polícia Civil capotar na BR-316

Uma viatura da Polícia Civil capotou na BR-316, entre os municípios de Nova Olinda e Santa Luzia do Paruá nesta sexta-feira (27), e deixou uma pessoa morta.

A vítima foi identificada como Madson Henrique Smith e Silva, de 44 anos, escrivão da Polícia Civil, da Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoa (SHPP).

Ainda não há informações sobre quantas pessoas ocupavam a viatura, que pertencia a SHPP da capital maranhense.

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF-MA) de Santa Inês já está no local do acidente realizando atendimento. A suspeita é de que a viatura tenha derrapado na pista molhada já que chovia na hora do acidente.

A Associação Maranhense de Escrivães de Polícia Civil do Estado do Maranhão (Amepol) emitiu uma nota de pesar sobre o falecimento do escrivão que atuava há mais de 20 anos na Polícia Civil. Confira a nota na íntegra:

É com profunda tristeza que recebemos a notícia do falecimento do Escrivão de Polícia Civil MADSON HENRIQUE SMITH E Silva. Madson como era conhecido. Por volta do meio dia de hoje (27-11-2020) foi vítima fatal de acidente automobilístico, quando o veículo em que conduzia – uma viatura da Polícia Civil capotou nas proximidades da cidade de Santa Luzia do Paruá-MA. Fica o vazio e o silêncio da sua voz, porém o seu legado de trabalho, dedicação, profissionalismo e companheirismo fica, vivo, presente na mente de amigos e colegas de profissão.

MADSON nasceu no dia 06-01-1976 e no dia 11-12-1998 tomou posse na Polícia Civil, com exercício na profissão em 08-01-1999. Neste momento de grande pesar, transmitimos nossas condolências e solidariedade aos seus familiares e amigos.

Nas redes sociais, o Sinpol MA também lamentou a morte do escrivão.